Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Tarot ou Vamos lá desmitificar isto do Tarot

por Joana Cristina Pinto, em 21.02.17

tarot3.jpg

 

Hoje numa TV:

“Pergunta : quero saber quais as intenções desse rapaz para com a minha filha?

Taróloga : ai as mulheres não podem ser assim, cheias de pressas, 90 dias não é nada, as mulheres tem que aprender.. tem que deixar o homem a vontade e deixar que pense que mande.. tem que o seduzir.. ( ... )”

A transcrição do dialogo é um pouco livre mas a situação passou-se assim.

 

Tenho por habito ver o programa onde fazem consultas em directo, reconheço que não deve ser nada fácil fazer ali consultas em modo expresso, de 2minutos, enquanto lhes falam ao ouvido para fazer publicidades ao número de valor acrescentado, mas acho que o bom senso deve imperar assim como ouvir a pessoa.

Mas enfim, o meu texto não tem como foco o método de trabalho mas sim o uso do Tarot. Será que aquilo é tarot?

 

O que não é o Tarot ou Mitos do Tarot:

  • Tarot é algo místico usado por pessoas que fazem magias e coisas estranhas – sejamos realistas um baralho de tarot são bocados de papel com desenhos, certo? A forma como é usado é que determina a sua energia; não é a ferramenta mas sim a pessoa que a usa. Tal como um martelo pode construir uma casa pode matar uma pessoa;

 

  • O Tarot não é só uma ferramenta de adivinhação do futuro tal como ele é – o Tarot não é determinante, no sentido, que vimos aquilo e aquilo é mais que certo e nada pode alterar. Temos o poder de co criar o nosso futuro e a partir do momento que mudamos de comportamento o nosso futuro muda. Concordo que há situações que são “karmicas”, chamemos assim apesar de não ser a palavra mais correta, e irão ocorrer pois há uma aprendizagem que precisa de ser feita, mas uma leitura de tarot não é estanque.

 

  • Tarot não é medicina – apesar de podermos ver questões de saúde não invalida NUNCA uma ida ao medico, pelo que acho que um tarólogo deve ter muito cuidado com aquilo que fala de saúde. Eu sei que há tarólogas na TV que fazem verdadeiros diagnósticos.

 

  • “Jogar” o tarot não envolve rituais, nem iniciações e muito menos é preciso dom – sim qualquer pessoa pode usar o tarot, basta estudar!!! Com estudo e dedicação tudo se consegue. Sim intuição ajuda e muito. Mas por si só não basta, tem que haver estudo, conhecimento e sabedoria.

 

  • Tarot aprende-se na net – ora bem, sim esta tudo na net, assim como muita informação errada e contraditória. Acho muito importante, e não por dar cursos de tarot, a orientação de alguém que tenha conhecimento na área, que saiba orientar e desmitificar ideias e conceitos. Alguém que dê apoio e ajude e acima de tudo fale de ética.

 

  • Quanto mais cara a consulta melhor o atendimento – o valor da consulta nada tem a ver com qualidade de atendimento só fala a respeito do ego do tarólogo. O cobrar é uma escolha pessoal e em nada fala da qualidade;

 

  • Os que não levam dinheiro é que são sérios pois respeitam o seu dom – mais uma vez, a decisão de cobrar é uma escolha pessoal, ninguém perde o dom por cobrar pelo seu conhecimento e tempo despendido. Tal como as outras pessoas temos contas a pagar e temos que comer, mas é uma escolha pessoal.

 

  • Os tarólogo são sempre pessoas de idade com vidas difíceis e miseráveis – A qualidade da vida de uma pessoa tem a ver com o intuito do seu trabalho e da forma como trata as pessoas. Uma pessoa que usa o tarot para ajudar e orientar de um lugar de amor e compaixão terá uma vida boa e positiva. Alguém que use o tarot ou qualquer outra ferramenta, enganando e explorando as pessoas terá, consequentemente, problemas. Mas isto é válido para todas as profissões.

 

  • Deitar o tarot traz energias negativas e entidades – mais uma vez, isto vai do método de trabalho de cada uma. Existem que trabalho com energias baixas e densas. Eu trabalho com energias altas, pelo que em nada me prejudica.

 

  • Tarólogo bom é aquele onde chego, sento e nem abro a boca e ele fala tudo de mim – mais uma vez são métodos de trabalho. Não trabalho assim, pois para dizer aquilo que já sabem qual a vantagem? Para provar que sei? Não sinto essa necessidade. Para mim consulta de taro é aquela onde desvendamos comportamentos desajustados e identificamos dificuldades e conseguimos elaborar um plano onde a pessoa pode trabalhar para o bem estar. Mas cada um trabalho como acha que deve trabalhar.

 

Então afinal, o que é Tarot? PARA MIM o tarot é uma ferramenta de AUTOCONHECIMENTO que nos permite analisar o estado actual assim como deslindar certas tendências energéticas do nosso futuro.  

O que isto quer dizer? O tarot permite saber o estado actual, desejos, comportamentos, vontades assim como perceber qual o provável futuro, de determinada situação se os desejos, comportamentos e vontades se mantiverem inalterados.

 

Mas cada um trabalho como acha que deve trabalhar e discutir ética é matéria para outro post.

Caso me tenha esquecido de algo e queiram ver desmitificado falem comigo!

 

Com Amor e Luz

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:27




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D


Links

  •  

  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Blogs de Portugal


    Seguir