Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Reflexão - Tarot : "Costuma Acertar?"

por Joana Cristina Pinto, em 17.03.17

images.jpg

 

Pergunta: Costuma acertar?

Pergunta que ouço / leio muito.

 

Primeiro, não tenho por habito enganar as pessoas e a minha consciência tranquila na almofada vale mais que qualquer dinheiro que possa ganhar. Rego-me pela ética e pelo serviço feito com base na ajuda, amor e compaixão.

Segundo, sei ler cartas e, modéstia a parte, faço-o bem. E sei sobretudo ler energias, tanto da situação como da pessoa em si..

Dito isto, não me estou a tentar desculpar de nenhuma situação, até porque tenho consciência tranquila de tudo, mas há algo que quero falar e desmistificar e esta introdução era importante.

Um leitura de tarot não é infalível, determinista ou mesmo fatalista. Tarot não é ciência exacta. Logo o não se acertar numa leitura de tarot, PODE, nada ter a ver com a competência do Tarólogo. Tal como sabemos a vida muda e as situações podem mudar.

Atenção, PODE.. como sabemos nem todos os profissionais são sérios.

 

Mas se as coisas mudam não veria isso numa leitura?

Não necessariamente. Uma leitura de tarot é feita com a energia da pessoa no momento da consulta, isto é, baseada nos seus sentimentos, vontades, ambições e desejos. É com essa energia que vamos “prever” o futuro. E sim, as vezes as mudanças já estão no caminho das pessoas.

Contudo, nada nem ninguém é imutável, tudo muda, tudo se transforma. Pelo que se a pessoa no dia a seguir a consulta pode decidir implementar uma mudança na sua vida (desejos vontades e sonhos)logo, é possível que a leitura feita anteriormente perca todo o valor. Pois se a energia que a pessoa esta a emitir mudou, o universo vai começar a se organizar de forma a criar um futuro correspondente a essa mesma energia.  

Por exemplo, uma mulher que esta separada do marido quer saber se este vai voltar para si. Era infeliz, queria manter casamento por questões de moral e sociedade. Vê-se a vinda do marido para junto dela nas cartas.. mas, por alguma razão, ela vai para casa e enche-se de auto-estima e confiança e decide viver a vida por si a procurar a sua verdadeira felicidade, e não se focar mais no marido e na sua volta. Isto pode fazer com que o retorno do marido já não se dê. Ela mudou futuro mudou.

 

Mas isto quer dizer que o Tarólogo se enganou?

Não. Ouve uma mudança energética e isso altera tudo. A vida esta em constante transmutação e se soubéssemos o poder que temos de alterar as nossas vidas para aquilo que realmente queremos, seriamos todos muitos mais felizes e sobretudo responsáveis pelo que “pomos cá fora”, e íamos parar de culpar os outros pelos problemas na nossa vida.

Não estou com isto a tentar desculpar maus profissionais que ai andam. Volto a dizer, cada um trabalha como acha que deve trabalhar. E mais cedo ou mais tarde terão a sua paga. Só estou a tentar esclarecer algo.

 

 

Como adenda, quero também deixar claro que Tarólogas que afirmam que vem separações, mas não explicam porque nem quando, mas afirmam categoricamente que estas vão existir, isto também pode ser transmutado. Como? Em casal perceber o que esta mal e trabalharem os dois para ultrapassar as dificuldades. Da trabalho, pois dá. Mas se fosse fácil todos faziam e não estávamos cá.

 

Só peço que cada vez mais profissionais serios se cheguem a frente e façam o trabalho bem feito, mesmo que isso implique por em causa conceitos e ditas "verdades" <3

 

Com Amor e Luz

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:37




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D


Links

  •  

  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Blogs de Portugal


    Seguir