Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O Tarot e os Diagnósticos

por Joana Cristina Pinto, em 03.05.17

índice.jpg

 

Algures na Tv

“Taróloga: Tem qualquer coisa no cérebro… já fez exames?

Senhora: sim já fui fazer um TAC e estou a espera do resultado.

Taróloga: Tem mesmo qualquer coisa no cérebro. Se no exame não aparecer nada, faça outro exame porque tem mesmo aqui qualquer coisa.”

 

 

“Senhora: Queria saber da minha saúde, doem-me muito as pernas.

Taróloga: Vamos ver. Tem nas pernas, mas tem que ter muita atenção ao coração, rins e cabeça. Pode não ser para agora porque as cartas não dão tempos, mas esteja atenta.”

 

 

As transcrições foram um pouco liberais mas é isto que se passa as quintas-feiras e sextas-feiras no programa da SIC, onde a Taróloga de serviço faz verdadeiros diagnósticos, melhor que o SNS. Já não é a primeira vez que este tipo de “assuntos” vira polémica nas redes sociais e com a sua razão, e até tenho muitas pessoas a perguntar o que acho daquilo, se é verdadeiro ou mesmo possível. Em baixo vou explicar o que EU acho disto e como o meu sentido de ética me impele a trabalhar, e já sei que vou ser critica e vou levar “cargas” giras, mas mesmo assim vou falar pois acho a informação e a desmistificação mais importante do que qualquer medo ou receio.

 

Mas a pergunta de um milhão é:

PODERÁ UM TARÓLOGO / CARTOMANTE SABER MAIS QUE OS EXAMES E MESMO UM MéDICO?

A minha resposta é não!!! Obvio que não!! Assuntos de saúde devem ser encaminhados e tratados pelos médicos e não diagnosticados pelas cartas ou mesmo por mediunidades (podem ser oritentados).

 

Mas, é possível ver doenças nas cartas, tal como elas o fazem? Sim é, existem métodos que permitem este tipo de tiragens e de acesso a essa informação.

 

É ético faze-lo? Não!

 

Porque não? Primeiro porque quando as pessoas nos procuram já vem em um estado emocional frágil e “despejar” doenças em cima vai deixar a pessoa ainda mais desanimada, triste ou mesmo cismada com o seu estado. É para isto que trabalhamos? Eu diria que não, pois acredito que as pessoas devem sair da nossa beira mais animadas e com esperança para o futuro, não com listas de doenças e probemas. Isto para não entrar no campo que algumas doenças poderão até não se manifestar, e depois temos pessoas a acharem que vão ter doenças do coração ou cancros.

 

Mas ai quer dizer que elas se enganaram. Não necessariamente. Passo a explicar, de uma forma muito simplista,  as doenças antes de se manifestarem no nosso corpo físico começam a aparecer no nosso campo energético, e é ai que muitas Tarólogas acedem a essa informação. É possível, através de varias técnicas, evitar ou mesmo curar esta doença antes que esta se manifeste fisicamente. Dou o exemplo de um familiar, que lhe foi dito que teria graves problemas de coração e rins ha mais de 15anos, ate hoje nada e faz exames de 6 em 6 meses. E sim, eu sei que existem doenças no nosso caminho que não podemos fugir, são karmicos ou la o que lhe queiram chamar. Mas isso é justificação para criar alarmismo? Será que se não formos conscientes de nós, do nosso caminho, do nosso desenvolvimento não poderemos atenuar isso?? É estar a criar alarmismo para nada. Pior é estar a brincar a Deus. AH, isto para não dizer que a Tarologa pode se enganar ou mesmo mentir por ter interesses em manter lá a pessoa em consultas, mas nem vamos por ai...

 

Mas atenção, cada um trabalha como acha que deve trabalhar, eu só estou a dar o meu ponto de vista fundamentando! Pois estando a informação fora podem fazer melhores escolhas e mais conscientes.

 

É verdade que muitas pessoas só nos procuram para saber de doenças, sim de doenças não de saúde e que insistem em saber diagnosticos e tempos de cura e tratamentos.. enfim.. eu não o faço e explico porquê.. Nas minhas consultas vejo tendências, isto é, a pessoa tem mais tendência para x, sem entrar em pormenores, automaticamente encaminhando para médicos. Mas vejo a evolução de um processo de cura, pois ai acho importante perceber e dar alento e coragem as pessoas. Assim como peço conselhos ao Arcanjo Rafael, o que a pessoa pode fazer para determinado problema. Mas diagnósticos puros e duros não faço e nas minhas formações o conselho que dou a quem esteja a aprender tarot é para ter muito bom senso e pensar nas consequências.

É trabalho de Luz deixar as pessoas preocupadas e com medo???

 

Com Amor e Luz

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:21




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D


Links

  •  

  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Blogs de Portugal


    Seguir