Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




dreams-2904682_960_720.jpg

 

Ontem perguntei no meu grupo como muitos tinham sentido a energia do Natal e como tinham passado estes dois dias (véspera e dia de Natal), e as respostas foram de encontro aquilo que estava a sentir. Uma energia pesada e densa. Nunca em Natais anteriores isto se sentiu. Eu pelo menos nunca tinha sentido tal densidade no ar e este post serve para isso mesmo para tentar explicar o que se passou.

 

Mas mais importante que tentar explicar é mostrar que não estão sozinhos. Não foram os únicos a sentir e a passar mal!

 

E acho isto mais importante que tudo. Continuo a afirmar e a acreditar profundamente que devemos falar, explicar o que se passa mesmo que isso mostre que nós, terapeutas, também temos fragilidades, pois também as temos!! Ficar no silencio é que não! A informação é para estar cá fora e é para todos!

 

Este foi um Natal claramente atípico. Já uns dias antes comentava com a minha Mãe que este ano não sentia a energia típica, o “Espirito Natalício”, o amor, aconselho, paz, a vontade de dar. Não senti essa energia no ar. Nada. Zero.

As decorações estão lá, as fitinhas, as bolinhas, as luzinhas, os cheiros, mas o sentimento e energia não! Nada. Só isto por si só foi muito estranho.   

 

Já na véspera de Natal sentia-se no ar uma energia densa onde se podia ler dor, desgraça, sofrimento, ganância, angústia, desespero, sofreguidão, … enfim, um conjuntos de emoções negativas que deixavam qualquer sensitivo que saía a rua ko. Por muita protecção que se tenha, por muita energia positiva e de luz que se puxe acabamos sempre influenciados pelo peso que está a volta. Ainda mais quando esse peso também vem de familiares. E já se sabe que dificilmente se cortam cordas energéticas com familiares. É muito difícil.

 

Podemos ter muita protecção mas não podemos esquecer que somos seres que vivemos de trocas energéticas constantes com as outras pessoas e com o ambiente. E isso basta para sentir o peso que anda no ar. Não somos ilhas fechadas e isoladas dos outros.

 

A noite foi igualmente dura. Sonhos estranhos, pesados, difíceis,.. enfim.. eu acordei muito pesada e desgastada. E como eu muitos! Não foi por falta de protecção ou Luz! Não foi por isso.

Se calhar foi para me dar esta oportunidade para sentir ou dar me informação para escrever sobre o que se passou de forma a esclarecer quem se encontra perdido com estes acontecimentos. Pois mais ninguém fala.

 

Estas energias densas atacaram sobretudo chakras inferiores (raiz, sacro e plexo solar) e também o chakra garganta. E uma coisa curiosa é que a energia nervosa (é assim que eu chama a energia curadora) estava no máximo, isto quer dizer que eu, e como eu muitos de vocês, andamos a limpar lixo alheio.

Ora bem, a maior parte do lixo que lidamos não era nosso.

Não podemos esquecer, que nós, também temos os nossos processos e temos situações que temos de resolver e mudar, mas tanto peso não poderia ser nosso.  

 

O que esta informação me disse:

  • A energia que andava no ar era sobretudo energias relacionadas com a parte física e material da vida;
  • As pessoas estavam cheias de energias de dor, medo, negação, sofrimento, falta de coragem, falta de energia, ganancia, materialismo emitindo isso para o ambiente;
  • Que existe muita falta de comunicação: ou as pessoas não se expressam correctamente ou sentem que não o podem fazer. De alguma forma se sentem presas nas palavras que não podem dizer ou que sentem que não o podem fazer; esta muito por dizer na energia que anda no ar;
  • As pessoas não sabem controlar a sua energia ao ponto de estarem quase a perder tudo;
  • As pessoas estão desesperadas ao ponto de atacar os outros para conseguir ficar por cima;
  • As pessoas continuam em processos de negação;
  • As pessoas estão no seu limite prontas a explodir;

 

Também é de notar que estes dias andamos a limpar energias de vidas passadas, pelo que muitos sonhos estranhos podem ser reportados situações de vidas anteriores que vieram agora a superfície para serem libertadas! Não se agarrem a isso. Libertem e dissolvam. Deixem ir a energia e mais que isso deixem a emoção doer ate que ela se vá.

 

Parece-me claro que fizemos aqui três processos:

- limpamos energias de vidas passadas;

- limpamos o lixo dos outros;

-limpamos energias dos nossos próprios processos;

 

A pergunta que eu fiz e sei que muitos devem estar a fazer é: “que raio tenho eu a ver com os processos dos outros???”

Pois bem, somos sensitivos, curadores, logo quando o ambiente ou alguém está pesado vamos fazer o que? Limpar. Pois é. Este é um processo inconsciente mas é algo natural nosso. Somos “limpadores” por natureza. Vamos sempre fazê-lo, mas é muito importante aprender a conhecer este processo e mais eu isso a prender a controlá-lo.

Muitos tiveram sintomas mais pesados e que podem se estender no tempo pois não sabem se limpar do lixo que limparam. É fundamental que sensitivos aprendam a se limpar de uma forma rápida. E esta limpeza deve ser feita de forma diária, ou mesmo varias vezes por dia. Não chega uma vez por mês ou semana.

 

Higiene energética deve ser diária! Não existe outra solução para o excesso de energia densa absorvida.

 

Clara que uma boa protecção ajuda muito. Mas saber limpar é fundamental.

Senão depois a energia densa começa a alojar-se trazendo sintomas físicos, tais como dores de cabeça, dentes, costas, pernas, tonturas, problemas intestinais, de digestão,….. enfim a energia densa manifesta-se de inúmeras formas.  

 

Foram dias atípicos, vamos esperar que os próximos tempos melhorem. O mais certo é que não. Para isso as pessoas a volta teriam que fazer os seus processos, limpando e libertando energia, reconhecendo o que é preciso muda e efectivar essa mudança. E se não o fizeram até agora será que o vão fazer nesta semana?

Quero acreditar que muitos vão acordar, saindo assim do estado do negação e fazer o que precisa de ser feito. Mas tenho a certeza que muitos mais vão continuar a lutar com a vida até perderem tudo. Pois é isto que vai acontecer a quem continuar a negar o trabalho que necessita ser feito. Vai perder tudo. Essa energia já se sente no ar.

 

Eu sei que estes processos não são fáceis. Mas precisam ser feitos. Não é para fazer tudo de uma vez. É um passo de cada vez, devagar, ao seu ritmo. Mas tem que ser feito.

 

Sem mudança não existe evolução e quem não evoluiu fica para trás. 

 

Usem as energias dos cristais de forma a ajudar nestes tempos mais densos. Eles são bons amigos prontos a emprestar a sua energia. E sejam legres mesmo dentro desta densidade. Reconheçam o que é, mas mesmo assim riam-se. Ajuda a limpar e mais que isso colocamos num estado vibratório mais elevado.

 

Não se deixem cair pelo peso dos outros e mais que isso não queiram estar onde não é o vosso lugar.

 

 

Com Amor e Luz,

Joana Cristina Pinto

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:10


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.12.2017 às 16:14

Joana, grata pela partilha! Entendo e entendi perfeitamente!
Aceitar, curar e agradecer. 🙏🏻✨💖
Beijinhos
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.12.2017 às 04:29

Grata pela mensagem, este ano passei esta época Natalícias muito calada as palavras nao as conseguia exprimir nao entendia o porquê, agora sim, contudo fico amorosamente feliz que foi pelo Universo, assim seja assim é, sou imensamente grata pelas bênçãos 🙏🙏🙏
Imagem de perfil

De Joana Cristina Pinto a 29.12.2017 às 08:15

Grata pela partilha 💚
Sem imagem de perfil

De Cátia a 02.01.2018 às 10:00

Este Natal foi exatamente assim para mim... Não senti que fosse Natal, não senti o espírito natalício, não senti a emoção típica do Natal e foi muito estranho, porque é o primeiro Natal da minha primeira filha. Foi esquisito, e logo para mim que adoro o Natal.
E senti esses processos de limpeza dos outros, mas não sei ao certo como me limpar a mim. Como o posso fazer? As dores de cabeça intensas já cá estão e algumas dores no corpo que penso serem resultado desses dias pesados (que na passagem de ano também senti).
É a primeira vez que descubro este blog, é muito interessante e preciso de ajuda nesse sentido (digamos que ainda sou muito leiga nestes assuntos).
Grata por tudo
Perfil Facebook

De Joana Cristina Pinto a 02.01.2018 às 10:17

Bom dia e Bom Ano. Muito obrigado pela sua partilha. Existem várias técnicas de limpeza e proteção energética. Mas cabe a si experimentar varias de forma a perceber qual a sua energia responde melhor. Tem Reiki, yoga, meditação, cristais, visualização energética, mantras, defumações... entre hoje e amanhã deverei escrever um post só com dicas dessas :)
grata

Comentar post




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D


Links

  •  

  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Blogs de Portugal


    Seguir