Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




As Mudanças - uma reflexão

por Joana Cristina Pinto, em 28.03.17

images.jpg

 

Hoje, e mais uma vez, vou falar em modo de reflexão, pois já desde o ano passado já venho, em conjunto com outros terapeutas, a falar da necessidade da mudança, sem desculpas, tretas ou mimimis.

Sempre que entra uma Lua ou se dá um eclipse lá vem a conversa da mudança.. Sei que já estão fartos de ouvir que tem que mudar, que é altura de mudar como se o mundo fosse acabar se tal não acontecer. O mundo não acaba, é verdade, mas a vida também não flui no caminho certo.

 

Existe uma enorme necessidade de mudança, pois o nosso planeta encaminha-se no encoramento das energias da 5º dimensão (uma dimensão de transmutação, liberdade, justiça e espiritualidade), logo temos que deixar para trás as amarras que temos a vida fisica e material,não digo com isto que temos que deixar de pensar em dinheiro, prazer ou no dia a dia, pois vivemos em um mundo fisico e temos que "nos fazer a vida". Mas também só poderemos evoluir se deixarmos para trás tudo o que pesa, que dói, que fere e magoa. Não há outra hipótese.

 

Temos que deixar o medo, a desconfiança, a dor, a critica, a inveja, a inercia, a duvida, o rancor e a raiva.

E temos que abraçar o amor, a felicidade, a compaixão, a entrega, a fluidez, o perdão e a confiança.

 

Mas isto não são mudanças externas para os outros, mas sim mudanças internas e de base e estrutura. Aqui não interessa mostrar aos outros e dizer que “é” o “que faz”, interessa sim “o sentir” no seu interior, só você com a sua essência.

 

E para isto acontecer tem que olhar para dentro, tem que olhar para si e com toda a crueza assumir os seus defeitos, dificuldades, medos, dores e raivas. Tem que ver e encarar o feio em si. Tem que encarar de frente as suas sombras. Mas não deve combate-las, bater-se, lutar. Não. Deve ficar, fazer o luto, chorar, berrar, desesperar. Deixar doer até não mais doer e ai deixar ir.

Imagine-se dentro de uma sala escura e fria onde entra e se senta a observar. Essa sala é onde estão as suas sombras, e ai com toda a calma vai sentir, e quando mais sente, mais uma luzinha vai brilhando no seu peito, e essa luz vai-se expandindo ate encher essa sala de Luz, Amor, Perdão e Compaixão. E quando essa sala estiver a brilhar é altura de partir para a próxima.

 

A mudança ocorre assim, pois essa mudança interior vai-se reflectir no exterior, pois fomos a nossa estrutura e tiramos o lodo, reforçamos as bases. Só assim as mudanças ocorrem e ficam. Só assim ficamos mais perto do equilíbrio. Só assim evoluímos e crescemos.

 

Sim existem terapias que facilitam este processo. MAS, o trabalho tem que ser seu, ninguém pode limpar por si, ninguém pode transmutar as suas sombras sem ser você.

 

Isto doí. E tem que doer, não porque temos que sofrer porque é assim que alcançamos a iluminação, não. Mas porque as sombras só deixam de doer quando doem.

Não acredito que estejamos cá para sofrer, nem a nossa vida tem que ser sofrida e dorida, mas acredito que temos que cumprir a nossa parte do acordo, enquanto Deus, os Anjos e os Seres de Luz protegem–nos e guiam-nos nós devemos aprendemos, evoluir e fazemos esta transmutação.

 

Sim, transmutação. Não existe o “eliminar”, já dizia Lavoisier “nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”, logo temos que substituir a sombra pela Luz, não podemos simplesmente tirar algo.

 

Isto não é algo rápido, sei que muitos de vocês estão em sofrimento e a enfrentar muitas dificuldades, mas este trabalho tem que ser feito, e com empenho rapidamente se vêem resultados.  

Isto tudo para dizer que não adianta se queixarem da vida e depois nada fazerem (disse fazer não pensar ou teorizar) para a mudar.

 

Mudem sem medo!

Vão atrás daquilo que realmente a você essência quer!

E nunca se esqueçam: “Quem muda Deus ajuda”

 

Com Amor e Luz

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:43

Os Chakras e Eu

por Joana Cristina Pinto, em 20.03.17

localização e os chakras.jpg

 

Afirmações e os Chakras.jpg

aromaterapia e os chakras.jpg

Disfunção e os Chakras - Cópia.jpg

função e os Chakras - Cópia - Cópia.jpg

Mantras e os Chakras - Cópia.jpg

Natureza e os Chakras - Cópia.jpg

Nutrição e os Chakras.jpg

orgão - Cópia - Cópia.jpg

Pedras e os Chakras e os Chakras - Cópia.jpg

Reflexologia e os chakras.jpg

Sons os Chakras.jpg

Com Amor e Luz

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:32

Reflexão - Tarot : "Costuma Acertar?"

por Joana Cristina Pinto, em 17.03.17

images.jpg

 

Pergunta: Costuma acertar?

Pergunta que ouço / leio muito.

 

Primeiro, não tenho por habito enganar as pessoas e a minha consciência tranquila na almofada vale mais que qualquer dinheiro que possa ganhar. Rego-me pela ética e pelo serviço feito com base na ajuda, amor e compaixão.

Segundo, sei ler cartas e, modéstia a parte, faço-o bem. E sei sobretudo ler energias, tanto da situação como da pessoa em si..

Dito isto, não me estou a tentar desculpar de nenhuma situação, até porque tenho consciência tranquila de tudo, mas há algo que quero falar e desmistificar e esta introdução era importante.

Um leitura de tarot não é infalível, determinista ou mesmo fatalista. Tarot não é ciência exacta. Logo o não se acertar numa leitura de tarot, PODE, nada ter a ver com a competência do Tarólogo. Tal como sabemos a vida muda e as situações podem mudar.

Atenção, PODE.. como sabemos nem todos os profissionais são sérios.

 

Mas se as coisas mudam não veria isso numa leitura?

Não necessariamente. Uma leitura de tarot é feita com a energia da pessoa no momento da consulta, isto é, baseada nos seus sentimentos, vontades, ambições e desejos. É com essa energia que vamos “prever” o futuro. E sim, as vezes as mudanças já estão no caminho das pessoas.

Contudo, nada nem ninguém é imutável, tudo muda, tudo se transforma. Pelo que se a pessoa no dia a seguir a consulta pode decidir implementar uma mudança na sua vida (desejos vontades e sonhos)logo, é possível que a leitura feita anteriormente perca todo o valor. Pois se a energia que a pessoa esta a emitir mudou, o universo vai começar a se organizar de forma a criar um futuro correspondente a essa mesma energia.  

Por exemplo, uma mulher que esta separada do marido quer saber se este vai voltar para si. Era infeliz, queria manter casamento por questões de moral e sociedade. Vê-se a vinda do marido para junto dela nas cartas.. mas, por alguma razão, ela vai para casa e enche-se de auto-estima e confiança e decide viver a vida por si a procurar a sua verdadeira felicidade, e não se focar mais no marido e na sua volta. Isto pode fazer com que o retorno do marido já não se dê. Ela mudou futuro mudou.

 

Mas isto quer dizer que o Tarólogo se enganou?

Não. Ouve uma mudança energética e isso altera tudo. A vida esta em constante transmutação e se soubéssemos o poder que temos de alterar as nossas vidas para aquilo que realmente queremos, seriamos todos muitos mais felizes e sobretudo responsáveis pelo que “pomos cá fora”, e íamos parar de culpar os outros pelos problemas na nossa vida.

Não estou com isto a tentar desculpar maus profissionais que ai andam. Volto a dizer, cada um trabalha como acha que deve trabalhar. E mais cedo ou mais tarde terão a sua paga. Só estou a tentar esclarecer algo.

 

 

Como adenda, quero também deixar claro que Tarólogas que afirmam que vem separações, mas não explicam porque nem quando, mas afirmam categoricamente que estas vão existir, isto também pode ser transmutado. Como? Em casal perceber o que esta mal e trabalharem os dois para ultrapassar as dificuldades. Da trabalho, pois dá. Mas se fosse fácil todos faziam e não estávamos cá.

 

Só peço que cada vez mais profissionais serios se cheguem a frente e façam o trabalho bem feito, mesmo que isso implique por em causa conceitos e ditas "verdades" <3

 

Com Amor e Luz

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:37

Votos Kármicos

por Joana Cristina Pinto, em 15.03.17

images.jpg

Este é um assunto, a meu ver, cada vez mais importante e que as pessoas se vão dando conta dele. Nas consultas, principalmente nas de vidas passadas, cada vez me aparecem pessoas com uma grande quantidade de votos karmicos, feitos em outras vidas, e que ainda se mantem activos e presentes na sua energia de hoje, causando bloqueios e dificuldades.

 

Mas o que é isto de Votos Karmicos??

São promessas, juras e votos feitos em relação a uma condição ou pessoa.

 

Mas como fiz isso?

Já vivemos muitas vidas, já vivemos muitas condições e situações, pelo que já fomos Sacerdotisas / Sacerdotes, Freiras / Monges, Deuses / Deusas, pessoas de mau caracter..

 

O que isto influência?

Quantas vezes já fez tudo direito e mesmo assim as coisas não andam, parecem bloqueadas?

Por exemplo, numa vida onde foi freira fez votos de castidade, pobreza e muito provavelmente de silencio. Quando estes votos são feitos de coração e respeitados de foram rígida e profunda, a sua energia pode se manter presente nesta vida. O que lhe traz bloqueios a nível amoroso, financeiro e de comunicação.

Existem vários tipos de votos, desde os que já referi  a “pragas rogadas”, com maldade direccionadas a outra pessoa, e neste vida podem estar activas. Neste caso, prejudica quem a fez e quem a mandou, porque “tudo o que dá-mos volta para nós”.

 

Como saber se os tenho e como os reverter?

Numa consulta de Vidas Passadas ou de Mesa Radiónica é possível saber se há votos, se estão activos e a bloquear esta vida.

O corte / dissolução destes votos é que é algo mais demorado, mas é possível com trabalho e empenho.

Primeiro é preciso termos consciência que existem este votos e fazer um trabalho de perdão em relação a esta energia. Perdoe-se por ter feito isto e perdoe a todos os que lhe possam ter feito mal.

Existem orações e meditações que ajudam a começar este corte de votos. Funcionam muito bem, mas requerem empenho e dedicação.

Não existem pilulas mágicas que cortam tudo e tudo fica lindo e maravilhoso! Cuidado com promessas miraculosas.

Pode também pedir dissolução destes energia ao Conselho Karmico!! Temos agora um no final do mês.

A Mesa Radiónica permite a mensuração e corte destes votos se a pessoa já estiver preparada para tal. Sim, estamos prontos a evoluir e receber as coisas boas, já sofremos muito eu sei. Mas será que já aprendemos o que tínhamos a aprender? Será que fizemos o trabalho de perdão? Será que estamos em paz com aquilo que somos hoje? Será que aceitamos a nossa condição? Será  que estamos disposta a fazer essa mudança por nós?

Pode não parecer mas isto é muito importante, tem que haver esta consciencialização primeiro. Pois evoluímos, como pessoas e seres espirituais, assim mesmo, através do encarar de frente com nossas imperfeiçoes e dores, fazendo a paz com elas, e depois limpando-as, deixando-as ir.

Não podemos mudar aquilo de que não temos consciência.

E havendo este trabalho interno a Mesa permite o corte. Volto a repetir, promessas milagrosas, coisas rápidas e sem esforço não funcionam. O trabalho tem que ser feito.

Sim eu sei que há Terapeuta que faz limpezas, cortes e desbloqueios sem ter isso em conta. Cuidado. Mas cada pessoa trabalho como acha que deve.

 

Só uma pequena referencia aos votos de amor, protecção e auxilio feitos entre duas pessoas. Este são positivos sim, mas também se podem tornar negativos, pois se entre duas almas houver uma promessa de ajuda e uma das almas não precisar dessa ajuda, ou mesmo não quiser (livre arbítrio) isto pode tornar-se negativo.

Mais uma vez devemos identificar, aprender e ficar e paz com isso.

 

Com Amor e Luz

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:22

Os Chakras

por Joana Cristina Pinto, em 14.03.17

7aac026a0328102d2f188db0c3364b67.jpg

Chakras são os nossos principais centros energéticos. São cones de energia que se encontram pelo nosso corpo físico e aura. O seu bom funcionamento é fundamental para o nosso bem estar e qualidade de vida, dai ser tao importante conhecermos os chakras, como funcionam e como podemos os tratar e nutrir.

Hoje vou falar,de forma simples, sobre os chakras, quais a sua importância, aquilo que regem e como os equilibrar e estimular um bom funcionamento.

Para aprofundar os seus conhecimentos e aprender novas tecnicas fique atento ao lançamento do meu Workshop de Chakras, onde vai poder aprender de forma mais profunda o funcionamento dos chakras como os equilibrar (aromaterapia, alimentaçao, yoga,...).

 

CHAKRA DA RAIZ: localizado à base da coluna, aberto para baixo.
FUNÇÕES: Sobrevivência e existência terrena, ligação com o mundo material, energia física.
DISFUNÇÕES: Raiva, impaciência, apego, materialismo, culpa, vergonha, vícios, violência, morte, dor.
GLÂNDULA: Supra-renais.
ÓRGÃOS: Rins (deficiência renal), coluna vertebral, ossos, dentes, intestino grosso, ânus, recto, próstata, anemia (deficiência de ferro), excesso de peso, pressão baixa, fadiga, pouca tonicidade muscular, problemas de circulação, desequilíbrio na temperatura do corpo, leucemia e tensão nervosa.

CHAKRA SACRAL: localizado a dois dedos abaixo do umbigo, aberto para frente e para as costas.
FUNÇÕES: reprodução e propagação da espécie, sexualidade.
DISFUNÇÕES: Controle, sujeição ou desvio da sexualidade, rejeição, solidão, ressentimentos, vingança, ciúme, depressão, inveja.
GLÂNDULAS: Gônadas, glândulas sexuais masculinas e femininas (testículos e ovários).
ÓRGÃOS: Sistema reprodutor, bexiga, quadris, pernas, pés, nervo ciático, espasmos musculares, cãibras, cólicas, desordens menstruais e desequilíbrios hormonais.

CHAKRA PLEXO SOLAR: localizado à boca do estômago, aberto para frente e para as costas.
FUNÇÕES: Personalidade, vitalidade, acção e vontade, paz e harmonia, auto-estima, protecção contra vibrações negativas.
DISFUNÇÕES: Ansiedade, preocupação, indecisão, preconceito, desconfiança, negligência, mentira.
GLÂNDULA: Pâncreas.
ÓRGÃOS: Baço, estômago, fígado, vesícula, intestino delgado, parte inferior das costas, sistema nervoso vegetativo, sentimento de inferioridade, falta de lógica e razão, insegurança e insónia.

CHAKRA CARDÍACO: localizado no centro do peito, aberto para a frente e para as costas.
FUNÇÕES: Amor Incondicional, união, sistema imunológico.
DISFUNÇÕES: Desilusão, transição, pânico, depressão.
GLÂNDULA: Timo.
ÓRGÃOS: Coração, arritmia cardíaca, sistema circulatório, brônquios e aparelho respiratório, parte superior das costas, nervo vago, sangue, pele, rubor, pressão alta, colesterol alto, palpitações, acidose, síndrome de pânico e incapacidade de amar.


CHAKRA LARÍNGEO: localizado no meio da garganta, aberto para frente e para as costas.
FUNÇÕES: Comunicação, criatividade, iniciativa, independência.
DISFUNÇÕES: Fracasso, apatia, desespero, limitação, medo, insegurança, auto-reprovação, submissão.
GLÂNDULA: Tiróide.
ÓRGÃOS: Garganta, amígdalas, laringe, cordas vocais, esófago, susceptibilidade a infecções virais e bacterianas, resfriados, amigdalites, faringites, dores musculares e de cabeça (nuca), problemas dentários, endurecimento dos maxilares (bruxismo), congestão linfática, herpes e medo de fracasso na vida social.

CHAKRA 3ºOLHO: localizado entre as sobrancelhas, aberto para frente e para as costas.
FUNÇÕES: Intuição, para normalidade, percepção extra sensorial. Raciocínio lógico.
DISFUNÇÕES: Ganância, arrogância, tirania, rigidez, alienação.
GLÂNDULA: Pituitária.
ÓRGÃOS: Sistema nervoso central, olhos (cegueira, catarata, glaucoma), ouvido (surdez), nariz (rinite), falta de raciocínio lógico, vícios de drogas, álcool e outras compulsões.

CHAKRA COROA: localizado no topo da cabeça, aberto para cima.
FUNÇÕES: Ligação com energias superiores, plenitude.
DISFUNÇÕES: Neuroses, irracionalidade, desorientação, fobias, histeria, obsessão.
GLÂNDULA: Pineal.
ÓRGÃOS: Cérebro, insónia, enxaqueca, disfunções sensoriais, neurose, histeria, possessão, obsessão e materialismo.

c19c8ba7075de33c8b543e6f48adb31d.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:51

Espiritos, Desencarne e Arrependimento - uma reflexão

por Joana Cristina Pinto, em 06.03.17

índice.jpg

 

Mais uma vez venho falar de algo que li no Facebook e não acho que seja totalmente verdade.

Antes de mais quero deixar claro que não sigo a linha espiritista nem sequer li Alan Kardec, falo de experiência própria, das minhas canalizações e vivências.

Li a uns dias atrás que existem milhares de milhares, senão milhões de almas aflitas porque querem encarnar e não há espaço. Ora bem, eu acredito que a alma encarna quando esta pronta e quando assim lhe é designado. “Lá em cima” não há aflição nem pressas e muito menos prazos.

 

Outra coisa que li foi que aquando do desencarne, a alma, que ganha consciência de tudo o que se passou, fica totalmente martirizada pelas escolhas erradas e sofrimento. Isto não é assim tão linear, logo vamos por pontos:

  • Almas que viveram vidas densas e focadas no material, e ao se recordarem de quem são, sim vão sofrer, mas não no sentido fatídico e fatalista, isto faz parte do crescimento e desenvolvimento, da ascensão. Se encarnamos para evoluir é natural que quando morremos haja uma espécie de retrospectiva de tudo o que fizemos e o do que nos foi feito; eu acredito que este processo é sempre acompanhado e mediado por espíritos altos e por Mestres Ascensos, logo nunca estamos sozinhos, desamparados ou mesmo em risco de ruína;

 

  • Quando desencarnamos não somos culpados / julgados e atirados a um canto ou algum sitio mais denso, acredito que o processo que falei anteriormente acontece;

 

  • Há almas que devido a densidade da vida que viveram podem não reconhecer a morte como processo purificador e ficarem ansiosas para voltar a encarnar; se este processo for feito rápido, sem a tal consciencialização, traz vidas terrenas difíceis e duras;

 

  • Almas que viveram vidas muito densas e difíceis, não reconhecendo que são almas, ao desencarnar podem não aceitar a Luz, não a conhecem, e podem ficar por aqui “a chatear a gente”;

 

Por andam os espíritos que ficam cá?

Por todo o lado, não existe tempo nem espaço, logo são “livres” de andarem onde quiseres. Aqui não me refiro a almas que foram para a Luz e estão no processo de consciencialização.

Estes espíritos tornam-se predadores de energia.. isto é, precisam de se alimentar da matéria, aquilo que os impediu de reconhecerem a Luz e de se reconhecerem como Luz.

 

Atenção, não quero assustar ninguém, nem deve haver medo! Deve haver conhecimento!

 

Eles alimentam-se colando-se a nossa energia, por exemplo, um espírito que tenha tido gosto pelo jogo vai predar uma pessoas que o faça, podendo mesmo agravar esse tipo de comportamento. O mesmo é valido para bebida, comida, drogas e afins.

 

O que fazer para evitar isto? Uma vida saudável sem vícios. Ninguém é perfeito eu sei, mas devemos nos policiar e manter a nossa energia limpa e a vibrar alto.

 

O que fazer se temos alguma “companhia”? Uma limpeza energética, com Mesa Radiónica, costuma resolver este tipo de questões, mas é preciso perceber o que levou a que essa alma se cola-se a si, de forma a conseguir eliminar essa "fraqueza". Depois é manter um estilo de vida saudável, e sempre em evolução espiritual. Contudo sempre que se sentir assediado ou rodeado basta pedir ajuda celestial, eles nunca nos falham!

 

Nota: sei que meduim e afins são mais propensos a este tipo de predação, mas também acredito que com boa energia, bons pensamentos e bons comportamentos não ha maldade que se queira colar.

Sempre que possivel, e haja conhecimento estes espiritos devem ser encaminhados para entidades de Luz e que os possam ajudar a reconhecer quem são.

 

Com Amor e Luz

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:57

O que eu aprendi? - Reflexão

por Joana Cristina Pinto, em 01.03.17

Espiritualidade-e-religiosidade-nas-organizações

 

O que eu aprendi sobre as pessoas?

  • O facto de alguns mestres / terapeutas não mostrarem ou falarem das suas dificuldades ou lutas não quer dizer que não as tenham, todos as temos não sou só eu;
  • Não tem mal mostrar as fraquezas para ilustrar algo;
  • As pessoas não mudam por mim, nem eu as posso mudar;
  • Não cabe a mim mudar as pessoas mas sim orientar e dar ferramentas;
  • As pessoas tendem a culpar os outros pelos seus problemas não assumindo assim a responsabilidade pelas suas vidas;
  • As pessoas gostam de se queixar mas isso não quer dizer que eu tenha que as ouvir e ficar com a sua “carga toxica”;
  • O que os outros acham de mim não é problema meu, mas sim deles;
  • As pessoas vão sempre me mentir e tentar rebaixar;
  • Todas a pessoas estão a passar pelo mesmo processo que eu a enfrentar os seus problemas e desafios;
  • Não tenho pena das pessoas, antes compaixão e entendimento;

 

O que eu aprendi sobre o meu trabalho?

  • Uma terapia não funcionar comigo nada tem a ver com a sua qualidade mas sim com o facto de ela não ser adequada ao meu caminho;
  • Não preciso de um titulo académico, curso, certificado de X ou Y para conseguir ajudar e orientar;
  • Só porque sou terapeuta ou tenho “dom” não tenho que ajudar todos os que procuram;
  • Não tem mal em recusar algum atendimento desde que essa pessoa seja devidamente encaminhada;
  • Ajudar e depois ficar mal não é trabalho de Luz;
  • Não tem mal cobrar pelo meu trabalho;
  • Nada se elimina nada se cria, tudo se transforma e transmuta;
  • Procedimentos e rituais são uma mera formalidade;
  • Amor e compaixão são as minhas forças motrizes de trabalho;

 

O que aprendi sobre a espiritualidade?

  • Existem vários caminhos, mas apenas uma verdade;
  • O meu caminho só eu o sei, posso ser orientada e guiada em algum ponto mas só eu sei;
  • O caminho do meu mestre não é o meu caminho e não faz mal me afastar;
  • Sinto-me fora da caixa e não tem mal nenhum viver fora dessa caixa;
  • Não me encaixo em nenhuma definição chamada de “normal” da sociedade e não há nenhum mal nisso;
  • O meu ritmo de vida é mais lento, não que não faça as coisas, porque as faço, mas porque eu obedeço a leis que não são as da sociedade, obedeço as minhas próprias leis e ritmos;
  • Guardar ressentimentos, ódios e dores é perda de tempo e de energia;
  • Perdoar é diferente de esquecer, perdoar liberta-me;
  • Tudo o que me peça luta e batalha talvez não seja o melhor para mim e não seja de todo o caminho;
  • Tem de doer para curar, não porque tenho que sofrer mas porque só assim a dor se dissolve;
  • Sem conhecimento, sabedoria, estudo e leitura não há desenvolvimento;
  • Amor é a maior força;
  • Não existe separação, somos um só;
  • Nunca estou só e abandonada;
  • Deixar fluir em vez de tentar compreender e analisar;
  • Não há melhores nem piores, há diferentes;
  • Tudo o que preciso esta dentro de mim;
  • Não há falta, fraqueza ou limitação;
  • Só o amor é real;

 

Com Amor e Luz

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:46



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D


Links

  •  

  • Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Blogs de Portugal


    Seguir